domingo, 17 de dezembro de 2017

Meu primeiro ciclo, o que usar ?????



Muitas pessoas concordarão que o seu primeiro ciclo foi o mais eficiente em resultados e o mais produtivo, desde que respeitemos a questão da idade e o fator de que patamar de máximo de desenvolvimento natural tenha sido atingido. Da mesma forma de que quando você começa a treinar, o seu primeiro ciclo não encontra nenhuma resistência contra e você cresce como um animal.

Portanto não subestime a simplicidade do primeiro ciclo. Eles funcionam e, são os mais simples que funcionam melhor. Eu não recomendaria que você pulasse estes ciclos iniciais a não ser que você sinta que seu progresso com eles se estagnou. Se está funcionando , porque mudar?

Quando parar de funcionar, volte atrás e analise o que você pode ter errado e passe para um tipo mais avançado. Lembre-se que muitos fisiculturistas construíram seus corpos maciços de alto nível apenas usando o dianabol, como o primeiro Mr. Olympia – Larry Scott e outros também entraram para a história usando apenas dianabol e primobolan como Arnold Schwarzenegger. Posso citar, inclusive, deca com dianabol foi o ciclo carro-chefe do Sergio Oliva.

Então não é o caso de que você terá melhores resultados simplesmente usando mais produtos em um ciclo. Isto pode ser um fator limitador, porque as pessoas gastam mais em esteróides do que em comida e suplementação, bem como em mensalidade de uma boa academia. 
Seus ciclos passam a ser um fator de catabolismo, porque não podem ter tal produto que “precisam“. A respeito da alimentação, é o primeiro fator que vai fazer seu ciclo funcionar, portanto preste mais atenção em sua comida do que no ciclo em si.

Eu sempre recomendo que antes de começar, você tenha tudo programado para que não falte nenhum ingrediente no meio de seu ciclo e você acabe jogando tempo e dinheiro fora. Se você faz três ciclos perfeitos durante o ano e consegue manter seus ganhos entre eles, é muito melhor do que você querer prolongar um ciclo com mais algumas semanas de testosterona.

Os principiantes geralmente começam com anabólicos orais, pois ainda sentem a pressão e o preconceito que as agulhas causam em seu inconsciente, ou ainda não se acostumaram com a idéia de se aplicarem (“uma coisa de drogados” ). 
O pior é que eles não sabem que os orais causam muito mais danos ao seu corpo do que os injetáveis. Você vai notar que à medida que vão ficando mais experientes o uso de orais decresce sensivelmente no mundo do Fisiculturismo.

Isto porque as doses mais elevadas futuras são muito mais tóxicas ao seu corpo nos orais. O que deve ser dito é que os injetáveis são menos prejudiciais ao seu corpo do que os orais que são processados pelo fígado causando assim um stress neste órgão.
Portanto um principiante DEVERIA iniciar seu primeiro ciclo com injetáveis apenas.

Também é uma idéia a se considerar o uso de apenas um produto em seus primeiros ciclos. A razão disso é um senso comum. Se você tomar vários produtos como vai saber qual que funcionou melhor ou não?

Você pode até supor, mas isto fará com que seus futuros ciclos sejam montados nas “escuras” sem embasamento de resultados. A melhor coisa a fazer é o que chamamos de ciclos “monoterápicos” o que construirá uma sensibilidade ao produto que você está tomando . 

Faça anotações detalhadas ao longo do caminho. Isto se aplica a produtos acessórios como o tamoxifeno: você pode não precisar dele para reduzir o estrogênio, mas sim para restabelecer a sua produção natural de hormônios. Poderá precisar de 20mg, ou até 60mg para não criar peitinhos. Outros podem nem precisar usá-lo. Você estará apenas ariscando sua saúde ao usar um produto sem necessidade ou estará gastando dinheiro inutilmente. Construa um arquivo de anotações. Um portfólio do que funciona para você. Ler e seguir o que outros já fizeram é um ponto de partida interessante, mas o melhor é o que você registrou para o seu caso particular, o seu corpo.

Este método é também uma importante arma para que você não caia no comércio de falsificações, pois você sabe como cada substância reage em você mesmo. Eu consigo identificar em 48 horas se o que estou tomando é real ou não, pois já desenvolvi a sensibilidade para identificar como cada substância atua em meu corpo. Por esse motivo se qualquer novo produto surgir, eu vou tomá-lo isoladamente e ver como meu corpo reage a isso. 

Posteriormente posso associá-lo com outro e fazer uma nova análise de como funcionou esta associação. Se você associar alguns produtos bons com falsificações, o resultado aparecerá mesmo assim, pois os bons vão mascarar o que os outros não fizeram, e você não vai saber qual o falso.

Portanto mesmo que estes ciclos digam para você tomar 2 ou mais produtos, faça-o separadamente em cada um e só depois associe se você for um novato principiante. 

Parece perda de tempo, mas se você pretende estar nessa de ciclar por muitos anos, você estará na verdade economizando tempo e dinheiro com isso no longo prazo.

Os ciclos do programa Jekyll And Hyde (CLIQUE AQUI PARA ADQUIRIR O PROGRAMA) foram desenvolvidos para terem máximos resultados, mínimos efeitos colaterais e também a máxima chance de se manter os ganhos ao terminá-los. 

Temos muitos exemplos, pois as pessoas são únicas e produzem resultados diferentes, alguns com mais disto e menos daquilo. Portanto, temos vários ciclos baseados no que as pessoas podem ganhar e conseguir, no que elas gostam, no que é mais barato e no que temos em mão no momento.

O que se segue é o que REALMENTE FUNCIONA, o que é bom e o que é plausível.

Uma vez que você molhe seus pés no mundo das águas químicas, você irá aprender o que funciona PARA VOCÊ, quais as doses e sua duração.

Apesar de que agora você sabe que os injetáveis são mais seguros para o fígado, 90% dos iniciantes começarão com orais mesmo assim. Com todos os orais ou ciclos que afetam o fígado, o uso de Liv 52 (Procure no eBay ), silimarina, ou algo similar é altamente recomendado. 

Seja bem vindo ao mundo negro dos esteroides anabólicos

Stay strong !

Betão




Nenhum comentário:

Postar um comentário